Testemunhos

 

Foi uma revelação para mim. É o que eu procurava há muito tempo, e esse estágio de 5 dias me permitiu nomear e visualizar as Figuras que eu já praticava sem ter uma imagem precisa do que acontecia dentro da minha laringe. Ótima explicação da anatomia da laringe! Parabéns a toda essa equipe tão profissional! Estágio muito instrutivo e agradável. Foi genial! (Curso dado em Lyon em julho de 2017)

Margareth Pulido, professora de canto e intérprete
 

 

Os exemplos concretos tirados da vida cotidiana facilitam bastante a integração das Figuras e torna o conteúdo acessível a todo o mundo.

Luce Sauvageau, cantora e regente de coral
 

 

O modelo Estil chegou no momento certo para mim, que sofro de disfonia  repetitiva. Ele me trouxe muito mais do que eu imaginava! Sei agora porque e como trabalhar minhas dificuldades. Voltei a sentir alegria, prazer e confiança em mim mesma. Um imenso obrigado a você que é tão competente e tão humana, e pela precisão, eficácia e domínio do conteúdo! (Curso dado em Lyon, França, em julho de 2017).

Dorothée Colombier, regente de coral e pianista
 

 

Uma abordagem para a voz que finalmente faz sentido e que, de uma maneira simples e clara, nos abre as infinitas possibilidades de uso da voz para fins pessoais e profissionais. Obrigado por essa experiência enriquecedora que vocês me proporcionaram de forma tão dinâmica e acolhedora.

Suzanne Hindson, fonoaudióloga
 

 

O Modelo baseia-se no conhecimento preciso da fisionomia do aparelho vocal. Ele me permitiu adquirir uma compreensão sensitiva de minha voz (sou tenor lírico, tenho uma formação clássica). Através dos diversos exercícios que fizemos (Figuras), adquiri ferramentas específicas que uso agora com meus alunos de canto, que cantam em todos os estilos, e com os coralistas dos meus dois corais líricos. Convido todos vocês a descobrirem esse modelo de ensino do canto que mudará para melhor sua maneira de ver e trabalhar a voz!

David Rompré, professor, cantor e regente de coral
 

 

Clareza. Uma nova compreensão de um aparelho que uso profissionalmente há 20 anos! Desmistificar o uso. É impressionante que eu não tenha aprendido tudo isso antes!

Marie-Pierre de Brienne, atriz-cantora-dançarina, intérprete de teatro musical
 

 

 O curso sobre o Método Estil, com Julie Cimon Racine e Lyne Defoy (e com a equipe de supervisores nos pequenos grupos de trabalho), provocou uma das mais importantes mudanças de paradigma na minha carreira/formação de cantor. Sinto, finalmente, que tenho as ferramentas para me guiar de maneira precisa. Como ator e imitador, vejo o modelo como uma paleta de cores que vão me ajudar a criar os personagens que eu quiser. E que pedagogia extraordinária! Recomendo a 1000%!

Dominic St-Laurent, cantor e ator
 

 

    O modelo Estil me permitiu compreender exatamente o que acontece em minha garganta no momento da produção vocal, tanto falada quanto cantada. Desde então, tenho conseguido encontrar soluções concretas para os diversos problemas que encontro (dor de garganta, perda da voz, construção de um personagem, adaptação vocal diante do microfone, etc.) por meio dessas ferramentas específicas que são as estruturas vocais. É um modelo que nos ajuda a manter uma boa saúde vocal através da compreensão física. O interessante nesse modelo é que ele não é dogmático: não ensina o que é preciso fazer, mas os resultados que podemos obter ao posicionar de tal maneira essa ou aquela parte do aparelho vocal. É um modelo concreto, que fornece ferramentas para alcançar um resultado almejado. Exige trabalho, principalmente no início, mas os frutos dos nossos esforços são evidentes. É um modelo muito estimulante.

Marie-Michèle Garon, atriz e imitadora
 

 

Um grande esclarecimento em relação às diversas qualidades vocais com base na fisiologia e na anatomia. Nada de conceitos abstratos ou mágicos. Ferramentas claras para abordar todos os estilos. E ainda por cima temos a possibilidade de ter um assessoramento à distância e de não perder o contato! (Curso dado em Lyon em julho de 2017)

Sylvie Loche, cantora de professora de canto (jazz e música atual)
 

 

Compreendo melhor como funciona meu aparelho vocal. Tenho agora as ferramentas para conseguir controlar tudo com a prática. É uma coisa realmente possitiva e vai melhorar minha confiança vocal. Obrigada, Estill Voice Training!

Julie Dionne, professora de música
 

 

Sophie Pionchon,
 

 

Depois de ter participado desse estágio, há evidentemente um mundo de informações teóricas, científicas e musicais que se abre para nós! Tudo isso nos permite aprimorar nossos conhecimentos e, por conseguinte, nosso ouvido! Todos os gestos associados às Figuras são incrivelmente eficazes, e podem servir tanto para um indivíduo quanto para um coral. Os efeitos são fantásticos! Isso nos abre para tantas possibilidades que saímos desse estágio completamente satisfeitos. Sem falar que fomos acompanhados por uma equipe ultracompetente, sorridente e extremamente eficiente. Queremos mais! (Curso dado em Lyon em julho de 2017)

Laetitia Toulouse, regente de coral
 

 

Tenho a impressão de ter acrescentado um grande número de cores à minha paleta de análise da voz e volto pra casa cheia de possibilidades para exporar tanto a voz falada quanto a voz cantada.

Marie Julien, fonoaudióloga
 

 

Inúmeras ferramentas precisas, eficazes, superinteressantes, para a reeducação vocal. Informações topográficas para minha própria prática vocal. Vou levando uma mochila cheia de novas ferramentas que vou procurar dominar cada vez mais e com as quais ainda vou me divertir durante muito tempo. Aprender tudo isso foi uma verdadeira felicidade para mim! Obrigada! (Curso dado em Lyon, França, em julho de 2017).

Marie-Élisabeth Bousquet-Lagarde, fonoaudióloga
 

 

Esse curso foi uma revelação para mim. Nele são usadas palavras simples para explicar a complexidade do mecanismo vocal. Vai me servir no trabalho, nas apresentações orais, e também no meu passatempo preferido, que é cantar.

Jean-Pierre Fry, engenheiro na área de saúde e segurança