Para quem?

Quer você seja fonoaudiológa(o), foniatra, cantor(a), corista, regente de coral, ator ou atriz, preparador(a) vocal, professora(a) de canto, conferencista, quer esteja simplesmente curioso(a) para aprender mais sobre esse instrumento fascinante, este curso é para você!

Este curso destina-se a todas as pessoas que usam sua voz, pouco importa a disciplina.


Alguma destas situações é a sua?

  • Gostaria de controlar melhor meu fôlego;
  • Sinto falta de ar com frequência antes de terminar minhas frases;
  • I often run out of breath before the end of my sentence;
  • Minha voz parece apagada às vezes;
  • Quando falo, às vezes as pessoas não me ouvem;
  • Dizem-me com frequência para falar ou cantar menos alto;
  • Minha formação é em canto lírico e eu gostaria de fazer minha voz “soar” mais pop, R'n'B, etc;
  • Minha formação musical é em pop-jazz e eu gostaria de fazer minha voz “soar” mais lírico;
  • Sou ator/atriz e preciso criar vozes diferentes para meus personagens;
  • Perco a projeção da minha voz nas notas graves;
  • Canto um repertório de teatro musical e gostaria de modificar o timbre de minha voz conforme o papel que interpreto;
  • Muitas vezes, quando canto uma nota aguda, sinto minha garganta se apertar;
  • Tem ar no meu som, gostaria de ter um som mais puro;
  • Sou cantor(a) lírico(a)  e ensino a jovens que querem trabalhar um repertório mais pop;
  • Sinto dificuldade em manter minha sonoridade vocal homogênea;
  • Gostaria de compreender e de controlar minhas “passagens”;
  • Sou regente de coral e gostaria de ajudar meus coralistas a alcançarem um melhor “blend”;
  • Voz ventosa, voz branca, voz perfurante, voz apagada;
  • Minha voz se cansa rapidamente e eu gostaria de poder ter mais resistência;
  • Gostaria de cantar mais alto, mas minha voz se quebra;
  • Gostaria de poder projetar mais minha voz;
  • Dizem que canto pelo nariz e não sei como me corrigir;
  • Tenho nódulos e gostaria de reeducar minha voz;
  • Minha voz mudou com o tempo e gostaria de poder controlá-la novamente;
  • Tenho “buracos” na minha extensão vocal;
  • Perco a voz com frequência;
  • Minha voz é instável;
  • Quando falo em público, minha voz treme e se quebra;
  • Gostaria de ter mais agilidade;
  • Meu vibrato é muito lento (ou muito rápido);
  • Gostaria de poder sustentar as notas/frases mais longas;
  • Canto num coral e queria desenvolver minha voz de solista;
  • Trabalhei minha voz com um(a) fonoaudiólogo(a) e queria compreender melhor meu instrumento.